O profissional do futuro

27/09/2017 |

Pensar em um profissional do futuro hoje é trazer para o presente as expectativas que, antes, poderiam ter projeções para os próximos 20 anos.

 

Hoje, a nossa percepção de tempo passou por uma grande modificação. O futuro parece acontecer a cada novo segundo. Realmente, para a mensuração da mente – onde o tempo é atemporal –, o futuro acontece daqui a 5 minutos, e o que acabei de escrever já ficou no passado.

 

Assim, movemos nossa vida pessoal e profissional com uma medida muito diferente de tempo e, portanto, de expectativas.

 

A eficiência trouxe essa nova forma de transitar no tempo. E quando falamos de um profissional, o que, de fato, faria a diferença e garantiria sua longevidade?

 

Acredito que o primeiro grande fator de sucesso para o futuro é conseguir lidar com a urgência. E conseguir realizar com uma visão macro e com flexibilidade.

 

Quanto maior a medida de tempo, as expectativas de fazer mais com menos se alteram e tornam-se constantes. Isso faz com que a habilidade de um olhar estratégico, tático e operacional, vire um padrão essencial.

 

Um profissional com a visão 720º (visão dentro da empresa e fora) tem dados a serem considerados e muito mais oportunidade de compreender o todo.

 

Essa forma de pensar e observar é uma capacidade sistêmica que ganha muito espaço quando um profissional faz as conexões com os temas, com as pessoas, as áreas, os objetivos individuais e os coletivos.

 

Um profissional que tem a habilidade de ler cenários mantendo sempre o objetivo em mente é, certamente, alguém que irá trilhar uma jornada de sucesso.

 

Quando falamos de uma visão sistêmica, um item valioso é a capacidade de realizar alianças, que é mais do que uma parceria ou comunicação. Uma aliança é uma relação que tem como meta algo comum, com respeito e transparência.

Essas duas habilidades também são importantes para os profissionais dentro do mercado. E que têm como meta ter um preparo para os desafios no futuro.

 

Outra habilidade que tem total sinergia com o futuro é um olhar voltado para as oportunidades. Para agir no presente com a certeza do que está sendo construído no médio e longo prazo.

Saber identificar a oportunidade e realizar um plano que estimule esse potencial é uma forma de manter equipes de alta performance com o foco no futuro.

 

Outro quesito que julgo ser decisivo no profissional do futuro é ter brilho no olhar. Pode parecer poético – e quem sabe até seja –, mas esse ponto pode identificar um profissional pronto para avançar no futuro... Mesmo que esse futuro comece agora!

 

Texto: Marcia Dolores Rezende